Maisa recebe Tom Cavalcante, Bruno de Lucca e Preta Gil neste sábado (30)

Neste sábado, 30 de novembro, Maisa recebe em seu programa Tom Cavalcanti e Bruno de Lucca para um bate-papo super descontraído. Eles que atuam juntos no filme “Os Parças 2” contam um pouco do que aconteceu nos bastidores da gravação: “Esse filme foi feito dentro de uma fazenda em Itú, então a gente estava ali a mercê aberto a formiga, tanajura a jacaré a qualquer bicho que aparecesse…sem celular…na pausa das gravações a gente sentava no formigueiro”, diz Tom.

E na conversa cheia de diversos assuntos, o humorista fala de seus amigos e de sua amizade com Roberto Carlos: “O Roberto além de ser amigo e uma pessoa muito generosa. Eu estava num show que ele foi aqui em São Paulo… terminou e ele foi no camarim e disse vamos ali que eu quero te dar um negócio…a gente saiu do camarim…tava todo um cenário armado e um carrão importado parado  ali, gigantesco…eu disse que coisa linda você veio nele e ele disse foi comprei agora, ai eu disse qualquer hora você me dá pra eu dar uma volta…, ai no final desci do carro e ele pegou a chave e disse é seu”.

Eles participam de  uma brincadeira para saber o que eles acham que é “parça”  e “farsa” no conceito de amizade. Maisa chama para o sofá sua outra convidada Preta Gil e relembram como se conheceram. Preta conta que sempre foi fã de Maisa e acordava cedo para vê-la no “Bom Dia & Cia”. A cantora fala  sobre seus shows, conta uma história de bullying que sofreu na escola , sua trajetória de amor próprio e aceitação com seu corpo: “Não foi fácil e também não foi do dia pra noite…durou muitos anos, eu sempre fui uma adolescente muito tranquila… e depois que meu filho nasceu eu engordei muito porque tirei a vesícula e engordei 30 quilos”, relata o preconceito que viveu: “quando eu lancei minha carreira como cantora e fiz a capa do meu disco, uma capa sensual eu fui muito criticada, atacada, as pessoas diziam que eu não podia posar seminua, porque era gorda…eu não entendi achei aquilo um absurdo, aquilo me chocou demais”, fala como começou sua mudança: “Eu acabei comprando essa paranoia, acabei querendo me enquadrar dentro de um padrão…depois quando eu fiquei muito magra eu percebi que não era feliz daquele jeito, que aquela não era eu…”, e finaliza “A gente tem que procurar aperfeiçoar na gente não nossa forma física e sim  o nosso caráter, isso e o que importa”.

E durante a conversa, Maisa faz uma brincadeira que nunca foi feita no programa: a “Maquina da Verdade”, onde eles são monitorados por uma máquina, que pelo tom de voz diz se a pessoa está falando a verdade ou mentira e  Bruno de Lucca revela o que fez  quando criança, no início de carreira para saber se tinha passado num teste  pra uma novela. Tom Cavalcante fala como começou a carreira de humorista: “Eu tinha um jegue vizinho lá em casa e eu criança, já acordava com aquele bicho relinchando, então eu comecei a relinchar igual o jegue”. E a plateia também entra na conversa e faz perguntas para os convidados, depois disso uma brincadeira, onde Maisa mostra uma lista de famosos e eles escolhem com quem faria tal coisa.

No  “Banho da Sabedoria”, Preta Gil na banheira e no sofá Tom Cavalcante e Bruno de Lucca rebatem  os comentários maldosos dos  haters nas redes sociais. E no Game do Dia eles tem que adivinhar quem e a celebridade que está na placa e o vencedor ganha o famoso unicórnio rosa do programa da Maisa.

O Programa da Maisa, no ar aos sábados, a partir das 14h15.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s